Sequência


Em um sentido quase intercambiável com o da cena, a sequência é um momento facilmente isolável da história contada por um filme: um sequenciamento de acontecimentos, em vários planos, cujo conjunto é fortemente unitário.

Em termos de segmentação, a sequência define-se como um sintagma cronológico não alternante com elipses, ou seja, como um seguimento de planos em que relações temporais de sucessividade diegética são marcadas. O encadeamento de um plano ao seguinte pode ser feito por uma elipse mais ou menos clara (o que diferencia a sequência da cena, que não tem elipse).

Em termos de narrativa, uma sequência é uma sucessão não de planos, mas de acontecimentos, e o que interessa à narrativa é a lógica, que rege o encadeamento desses acontecimentos. O modelo aqui é de inspiração estruturalista: a sequência é sempre mais ou menos descrita como combinatória de propósitos ou de um único plano, o plano-sequência.



Dirigido por Sam Mendes, Beleza Americana (1999) conta a história de Lester Burnham (Kevin Spacey), um marido e pai que está em crise com sua esposa, filha e emprego. Nada faz muito sentido a Lester até conhecer Angela (Mena Suvari), por quem acaba nutrindo uma atração inexplicável. Nós separamos a sequência do primeiro encontro entre Lester e Angela, que você pode assistir aqui disponível também no nosso Twitter @sallvafilmes.



Paris, Texas (1984), dirigido por Wim Wenders, narra a história de Travis (Harry Dean Stanton), um homem em crise pelo fim de seu relacionamento com Jane (Nastassia Kinski), com que teve um filho chamado Hunter (Hunter Carson). Travisé subitamente encontrado por seu irmão, o Tio Walt (Dean Stockwell), que nos últimos sete anos cuidou de Hunter. Os dois começam a ensaiar uma reaproximação difícil e nem sempre amistosa, como nesta sequência aqui.



Dirigido pelo mexicano Luis Mandoki, Quando Um Homem Ama Uma Mulher (1994) aborda a vida conjugal de Michael Green (Andy Garcia) e Alice (Meg Ryan). Quando se casaram, ela já tinha uma filha, Jessica (Tina Majorino), de 8 anos, e após o casamento tiveram Casey (Mae Whitman), de 3 anos. O casal é apaixonado e procura fazer o possível para construir uma relação agradável entre eles e as filhas. Apesar de ser uma mãe dedicada, Alice é alcoólatra e com o tempo não consegue disfarçar seu estado de saúde e o aumento gradual da bebida. Descontrola-se com as filhas e torna-se negligente e irresponsável. Nesta sequência aqui, Alice chega em casa alcoolizada, toma remédios, bate em Jessica e vai para o banho, onde desmaia e cai derrubando o box do banheiro.



Com roteiro e direção de Júlio Bressane, Filme de Amor (2003) coloca em cena duas mulheres (Bel Garcia e Josie Antello) e um homem (Fernando Eiras), que dão um intervalo em suas vidas de cotidiano ordinário, para viver um triângulo amoroso. De linguagem poética, nós separamos estasequência aqui para ilustrar o devaneio, a libertação e a transcedência do trio.

A realização de uma boa sequência é inerente à fotografia. Entender e dominar os equipamentos fotográficos garante confiança, agilidade, liberdade e melhores resultados. Pensando nisso, nós indicamos o curso Introdução À Fotografia, da nossa parceira Anna Silveira. Agende uma aula com a Anna.


4 Filmes com Boas Sequências

1. Paris, Texas, Wim Wenders (FRA-ALE, 1984)

2. Quando Um Homem Ama Uma Mulher, Luis Mandoki (EUA, 1994)

3. Beleza Americana, Sam Mendes (EUA, 1999)

4. Filme de Amor, Júlio Bressane (BRA, 2003)

5 visualizações