Mães Paralelas


Mães Paralelas (ESP, 2021), escrito e dirigido por Pedro Almodóvar

Mães Paralelas (ESP, 2021), escrito e dirigido por Pedro Almodóvar

Mães Paralelas (ESP, 2021), escrito e dirigido por Pedro Almodóvar, foi lançado em 08 de outubro de 2021. O cartaz de lançamento do filme, com um mamilo feminino, foi removido do Instagram, que depois emitiu um pedido oficial de desculpas reconsiderando o equívoco e reconhecendo o claro contexto artístico da postagem.

O filme foi indicado ao Oscar 2022 de Melhor Trilha Sonora Original (Alberto Iglesias) e e Melhor Atriz (Penélope Cruz). A indicação de Cruz marca a segunda vez no século XXI que uma atriz é indicada na categoria principal do Oscar sem sequer conquistar nenhuma das premiações anteriores como o Globo de Ouro, BAFTA etc. A primeira atriz a acontecer isso foi Laura Linney, indicada em 2008, por A Família Savage (EUA, 2007), escrito e dirigido por Tamara Jenkins.


Cruz e Almodóvar são parceiros há quase três décadas totalizando sete filmes juntos. A parceria começou em Carne Trêmula (1997) e se estendeu com Tudo Sobre Minha Mãe (1999), Volver (2006), Abraços Partidos (2009), Os Amantes Passageiros (2013), Dor e Glória (2019) e a mais recente obra do diretor, na qual é a protagonista.

Abraços Partidos (ESP, 2009), escrito e dirigido por Pedro Almodóvar

A primeira vez que Almodóvar abordou publicamente a obra foi em 2011, quando descreveu o projeto como "o Dom Quixote da maternidade". Curioso que em 2009, o diretor inseriu um pôster do filme em Abraços Partidos, conforme frame acima, sugerindo que naquele ano ele já trabalhara no roteiro.

Abaixo nós escolhemos quatro cenas de Mães Paralelas para exemplificar a gramática audiovisual do filme. De nosso abecedário, nós citaremos decupagem, elipse, inserções e montagem paralela. Todas as cenas estão disponíveis no nosso Twitter @sallvafilmes. Acompanhe-nos por lá.

Mães Paralelas (ESP, 2021), escrito e dirigido por Pedro Almodóvar

Nesta sequência de 1'42'' há duas elipses: primeiro Janis (Cruz) está em casa e recebe a ligação de Arturo (Israel Elejalde). Na cena seguinte, eles dois transam na cama de um hotel. Na cena final, Janis está com avental num hospital com as mãos na barriga, indicando que está grávida.

Mães Paralelas (ESP, 2021), escrito e dirigido por Pedro Almodóvar

Nesta cena de 1'30'' a montagem paralela é empregada para mostrar que Janis e Ana (Milena Smit) estão em trabalho de parto. A edição conota que ambas dão à luz concomitantemente.

Mães Paralelas (ESP, 2021), escrito e dirigido por Pedro Almodóvar

Nesta cena de 48'' Janis está de frente ao computador e é enquadrada em primeiro plano. À medida que ela lê o e-mail, expostos em forma de inserções explicativas, vemos a reação dramática dela diante da epifania.

Mães Paralelas (ESP, 2021), escrito e dirigido por Pedro Almodóvar

Nesta cena de 1'13'' Ana e Teresa (Aitana Sánchez-Gijón) caminham até uma mesa num café de rua. Elas sentam e conversam. A decupagem empregada foge do convencional plano over the shoulder (OST) para um primeiríssimo primeiro plano do rosto de cada uma delas.

Mães Paralelas (ESP, 2021), escrito e dirigido por Pedro Almodóvar

Mães Paralelas (ESP, 2021)

2h03min

roteiro e direção Pedro Almodóvar

16 visualizações